quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Minha vida, e aquela coisa chamada Nostalgia...

Tumblr_lpbrapl0of1qhrq7eo1_500_large
Poucos dias atrás, tive a oportunidade, de rever amizades antigas, andar por ruas que realmente marcaram minha vida de alguma forma. Vi pessoas, de longe, mas que trouxeram muitas lembranças boas. Tive a oportunidade, de remexer em um baú, que estava esquecido; tive a oportunidade, de por a fofoca em dia, de rir de novo. Lembrar qualidades e defeitos de uma amizade, que convivia comigo diariamente, e agora, só nos vemos um dia cá outro lá.
Depois dessa manhã marcante, minha mente passou a ficar inquieta, eram as lembranças, principalmente, do ano de 2008 - o que mais marcou  -. Amizades, romances, brigas, festas, rua, passar a noite em claro na casa da amiga, trocando confidências... sinto uma saudade imensa desse tempo, pois deixei minha vida se tornar monótona, e não sei como sair dela.
Em casa, logo no fim do dia, não pude deixar, de sofrer mais um pouco de nostalgia, peguei minhas duas caixas de recordações, super-lotadas, e fui revivendo histórias, de cada objeto de cada significado e sentimento que há neles. Um por um, lendo cartas, lendo conversas por papéis, vendo fotos, e sentindo um mix de sentimentos, bons, e ruins, por conta da saudade. Não contive minhas lágrimas, mas sinto que isso foi uma bela experiência, que é sempre bom fazermos. Assim como ler minhas agendas de 2008 e 2009, nossa, como eu mudei! Quase nem acredito que pude agir e ter certos pensamentos anotados naquelas folhas de papel. O mais intrigante, foram meus diários, sem comentários rsrs. 
Mais nada é por acaso, devemos seguir em frente, mas nada é esquecido, é tudo uma reciclagem do passado, para poder haver um presente e futuro. A vida faz você cair, para que aprenda, e mude isso lá na frente. Se você souber sentir, você sabe viver e amar. Faça isso, vasculhe momentos, relembre tempos passados, não pra ficar remoendo o que perdeu, mas para ter novas lições de vida, e resgatar amizades que ficaram esquecidas pelo tempo.