terça-feira, 15 de novembro de 2011

Carta para a amada.

Tumblr_lmfo0orn1c1qixn3io1_400_large
Sabe, as vezes fico estranho do nada, ou sempre há um motivo, você saindo sozinha com suas amigas, apesar deu confiar plenamente em você, tenho ciumes de quem está ocupando esses minutos que eu poderia estar contigo.Excesso de amor? Talvez.
Sempre me lembrarei de como seu olhos brilhavam e ainda brilham quando me vêem. Isso me deixa louco e você sabe, fico feito bobo ao saber que o motivo sou eu. Assim como esse seu sorriso inesperado, suas caretas e palhaçadas, nossa, quanta perfeição. Você lembra do que ti disse noite passada? Que mesmo fazendo careta você continua linda, e você ficou toda se achando, aiai tinha que ser minha pequena...
É cada dia uma nova história, as palhaçadas no mc donald's, os nomes para nossos 2 filhos, que vamos ter com 28 anos né amor? Você nunca me deixa esquecer...
Incontável o numero de vezes que já disse que te amava, mas nunca é o bastante. Lembro que você vive reclamando do seu corpo, diz que ta fora de peso e blablabla, mas nunca vi nada disso, já ti disse um milhão de vezes, Eu te amo, e sempre vou ter amar, seja você gorda, magra, alta ou baixa. Pois é do jeito que eu te conheci, pelo qual eu me apaixonei.
Você é mandona, chata, revoltada, irritada, doidinha, que fica linda bravinha, mas também é sensível, chorona, apaixonada, adora uma loja de roupas, sapatos, bolsas e maquiagens, e sempre me arrasta pra elas, pra ficar me falando que quer isso e aquilo, haja paciência, mas eu não reclamo, senão ela fica de bico e começa a me dar patada.
As vezes fico pensando, no nosso futuro, no nosso casamento, que apesar desse tempo juntos, nunca brigamos sério, apenas bobeiras. Tenho certeza que é pra sempre, ou pelo menos, tenho fé de que vamos casar. Viver a rotina cheia de risadas e companheirismo. De manhã, o café não teria gosto, se não fosse você para adoça-lo, assim como adoça minha vida. De noite, o que seria do cansaço sem você pra me fazer companhia do lado direito da cama. Sábado, o que seria de mim, sem você pra me fazer companhia no cinema, em todos os filmes, menos terror, que você detesta. Domingo, o que seria de mim, sem você para gastar meu dinheiro almoçando fora, porque regra nº1 da nossa casa será, Domingo não é dia de ir pra cozinha! É, eu não esqueci, você me fez prometer que será assim.
Enfim, são tantas histórias, pequenas, cheias de lembranças importantes, que se escritas, darão muito mais que o possível.Você é a minha pequena, que me faz guardar louça, que me perturba, que adora ser ignorante comigo, que sempre me faz comprar chocolate e levar pra você, que vive me mandando poesia, e eu te amo, desde sempre, pra sempre.