sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Start Again

Tumblr_lfuapjxoyr1qdskqqo1_500_large

Tomar decisões certas, sempre me pareceu fácil, não se tratando de assuntos do coração. E mais uma vez esse dia chegou, o dia em que tive que escolher em deixar como está, empurrando com a barriga, ou dar a cara a tapa pra coragem, e dizer tudo aquilo que estava sentindo. Coragem tirei não sei de onde, talvez pelo fato, da pessoa do outro lado, ser tão compreensivo, isso me tranquilizava. Porém, não havia algo pior naquele momento, que não fosse o medo de magoá-lo. E isso me doía mais do que qualquer coisa. Diversas vezes as lágrimas saiam de meus olhos, sem que eu pudesse controlar. 
A dor é inevitável, mas o que eu estava sentindo, não podia ser passado para trás, de alguma maneira, tinha que fazer ela permanecer. E foi o que eu fiz. Decidi a partir de um belo dia, que não deixaria as oportunidades escaparem da minha mão. Nem a vida, essa complicada vida, que tanto nos faz mal, e não vivemos sem ela. Ser humano gosta de sofrer mesmo, dizia meu professor. Não tenho culpa se meu coração resolveu ser racional e resolveu abraçar a Siderurgia como o único que ela quer que habite meu coração. Sei que parece que estou fugindo, sei que parece que estou priorizando minha carreira ao invés das pessoas que amo. Só que pra tudo na vida tem um tempo, uma duração e um limite. Não consigo prosseguir com algo que está saturado, que parece que já deu o que tinha que dar. Respeito meus limites, e quem está a minha volta, se me ama de verdade, tem que respeitar meus momentos, meus tempos, minhas decisões. E o mais importante, tem que querer me ver feliz, independente de tudo. Desculpem se parece arrogância, egoismo, mas ninguém vai entender o que está passando dentro de mim, todo ano passo pela mesma situação. Momento de renovação pessoal...

Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade.
Miguel Torga